está em casa e precisa de um livro?

Contamos agora com atendimento e pedidos através do whatsapp, pagamento online pelo pagseguro e entregas na região metropolitana da cidade de São Paulo.

blog

26/05/2020

Eu dava mel de beterraba pra criançada. Receita de babosa. Coloca a mão e faz uma oração que sara. É de quando a coxinha? Fritei agora. Uma coca! O povo nesse ônibus não para de conversar. Que peixaria! Deu fome, lanchei mexerica. Sua mãe ficou na Goiana? A vida passa tão rápido… Parece que tá[…]

leia mais

 

25/05/2020

Comecei esse livro sem nenhum tipo de expectativa: já havia visto a Aline Bei no instagram da Livraria da tarde, e o livro rodando nas mídias, mas não sabia nada de relevante sobre ele: o conteúdo, o modo como ele é expresso, o jeito suave e terno de começar a falar, o soluço ao terminar.[…]

leia mais

 

rua cônego eugênio leite, 956 - pinheiros

05414-001 - são paulo - sp - brasil

trace a rota

segunda a sexta das 10h às 20h

sábado das 10h às 19h

contato@livrariadatarde.com.br

26/05/2020

Eu dava mel de beterraba pra criançada. Receita de babosa. Coloca a mão e faz uma oração que sara. É de quando a coxinha? Fritei agora. Uma coca! O povo nesse ônibus não para de conversar. Que peixaria! Deu fome, lanchei mexerica. Sua mãe ficou na Goiana? A vida passa tão rápido… Parece que tá[…]

leia mais

 

25/05/2020

Comecei esse livro sem nenhum tipo de expectativa: já havia visto a Aline Bei no instagram da Livraria da tarde, e o livro rodando nas mídias, mas não sabia nada de relevante sobre ele: o conteúdo, o modo como ele é expresso, o jeito suave e terno de começar a falar, o soluço ao terminar.[…]

leia mais

 

26/05/2020

Eu dava mel de beterraba pra criançada. Receita de babosa. Coloca a mão e faz uma oração que sara. É de quando a coxinha? Fritei agora. Uma coca! O povo nesse ônibus não para de conversar. Que peixaria! Deu fome, lanchei mexerica. Sua mãe ficou na Goiana? A vida passa tão rápido… Parece que tá[…]

leia mais

 

25/05/2020

Comecei esse livro sem nenhum tipo de expectativa: já havia visto a Aline Bei no instagram da Livraria da tarde, e o livro rodando nas mídias, mas não sabia nada de relevante sobre ele: o conteúdo, o modo como ele é expresso, o jeito suave e terno de começar a falar, o soluço ao terminar.[…]

leia mais

 

26/05/2020

Eu dava mel de beterraba pra criançada. Receita de babosa. Coloca a mão e faz uma oração que sara. É de quando a coxinha? Fritei agora. Uma coca! O povo nesse ônibus não para de conversar. Que peixaria! Deu fome, lanchei mexerica. Sua mãe ficou na Goiana? A vida passa tão rápido… Parece que tá[…]

leia mais

 

25/05/2020

Comecei esse livro sem nenhum tipo de expectativa: já havia visto a Aline Bei no instagram da Livraria da tarde, e o livro rodando nas mídias, mas não sabia nada de relevante sobre ele: o conteúdo, o modo como ele é expresso, o jeito suave e terno de começar a falar, o soluço ao terminar.[…]

leia mais

 

26/05/2020

Eu dava mel de beterraba pra criançada. Receita de babosa. Coloca a mão e faz uma oração que sara. É de quando a coxinha? Fritei agora. Uma coca! O povo nesse ônibus não para de conversar. Que peixaria! Deu fome, lanchei mexerica. Sua mãe ficou na Goiana? A vida passa tão rápido… Parece que tá[…]

leia mais

 

25/05/2020

Comecei esse livro sem nenhum tipo de expectativa: já havia visto a Aline Bei no instagram da Livraria da tarde, e o livro rodando nas mídias, mas não sabia nada de relevante sobre ele: o conteúdo, o modo como ele é expresso, o jeito suave e terno de começar a falar, o soluço ao terminar.[…]

leia mais